Número total de visualizações de página

terça-feira, 9 de abril de 2013

Estacionamento CHBA - Confessionário de Portimão pronuncia-se .



O Confessionário de Portimão, manifesta a sua pública preocupação e discordância com a politica de cobrança nos parques de estacionamento do Hospital de Portimão.

 
Funcionários:

Conforme se constata do art. 4.º do Regulamento Interno de Exploração ( RIE ) os funcionários e utentes da instituição terão acesso aos parques P2, P3, P4 e P5, sendo que para os primeiros o estacionamento será gratuito. Termos em que, encontrando-se os referidos parques cheios ( 352 lugares, mais as ruas 1,3 e 6 ) os funcionários terão forçosamente que estacionar nos P1 onde ser-lhes-á cobrada a respectiva taxa de estacionamento.

Os funcionários poderão ainda estacionar de forma gratuita e exclusiva, de acordo com o art. 8.º do RIE na rua 3 que tem a capacidade de 43 lugares.

O precário será de 00,10 € ( 20 escudos ) por cada 15 minutos, perfazendo 0,40 € ( 80 escudos ) por hora.

Utentes:

Conforme decorre do RIE os utentes poderão estacionar em qualquer parque ( subtraindo neste caso lugares gratuitos aos funcionários ) e pagarão em todos os parques.

Ser-lhe-ás atribuído um período de tolerância ( gratuitos )de 15 minutos.

O precário será de 00,10 € ( 20 escudos ) por cada 15 minutos, perfazendo 0,40 € ( 80 escudos ) por hora.
Perante o supra exposto, e o ocorrido na manhã de 09 de Abril, onde se manifestaram filas de trânsito de cerca de 2 Km para o acesso ao parque de estacionamento do Hospital de Portimão, onde ambulâncias, funcionários e utentes se encontravam retidas nessas mesas filas, não pode o Confessionário de Portimão deixar de condenar a medida tomada, salientado acima de tudo que o custo social, pessoal, institucional e local  causado será extremamente superior aos cerca 10.000,00 € cobrados pela concessão do estacionamento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.