Número total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

PEPAL – Prazo acabou e resposta ZERO




Mais uma vez o Regime que se diz transparente, disponível, aberto e que basta um telefonema para disponibilizar a documentação solicitada. Pois é, mais uma vez esse mesmo Regime sonega e oculta informação aos próprios autarcas, democraticamente eleitos pelos Portimonenses.

 
Sendo público que no âmbito do PEPAL não foi atribuído nenhum estágio ao Município de Portimão, este Vosso Autarca no cumprimento das suas obrigações, questionou através de requerimento no passado dia 09 de Fevereiro a Exma. Sra. Presidente da Câmara Municipal de Portimão se tinham sido remetidas quaisquer candidaturas ao PEPAL pelo Município, EMARP e Portimão Urbis.
Pois bem, conforme decorre da LEI o prazo de 10 dias úteis, termina hoje, dia 20 de Fevereiro e resposta nem vê-la.
É caso para dizer que este Regime continua a não cumprir a Legalidade e muito menos a respeitar os Portimonenses e seus eleitos.
 
Luís Miguel Martins
 
 

 

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Autarquia Portimonense vai proporcionar 0 Estágios ...




As Autarquias Algarvias irão proporcionar 77 estágios técnico-profissionais, a jovens licenciados  até aos 29 anos ou até aos 35 se forem portadores de uma deficiência e que não se encontram a trabalhar, nos termos do Programa de Estágios da Administração Local ( PEPAL ).
 
Dos 16 Municípios Algarvios, 13 irão proporcionar uma maior e mais célere integração profissional e aprendizagem aos jovens Algarvios.

 
Nesse sentido, somente os Municípios, irão proporcionar os seguintes estágios: Albufeira vai proporcionar 7 estágios, Alcoutim 2, Aljezur 1, Castro Marim 7, Faro 4, Lagoa 6, Loulé 12, Monchique 6, Olhão 3, Silves 6, Tavira 7, Vila do Bispo 4 e Vila Real de Santo António 7.
 
Curioso o facto, de o Concelho com maior desemprego na Região e por inerência com uma taxa elevadíssima de jovens licenciados em situação de desemprego,  Portimão, não ir proporcionar nenhum estágio.

 
Curioso…
 
Não me digam que o Regime deixou-se, mais uma vez adormecer …
 

Luís Miguel Martins

 

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Regime mais uma vez não cumpre os prazos legais




No passado dia  20 de Janeiro de 2015, este vosso Autarca intentou dois  requerimentos à Exma. Sra. Presidente da Câmara Municipal de Portimão, a saber:

a) Se os contratos programa ou contratos de delegação de competência celebrados entre o Município e as juntas, estão a ser rigorosamente cumpridos ?

b) Se os contratos inter administrativos de 2014 e 2015, outorgados entre o Município e as Juntas, foram celebrados e aprovados, e em que termos ?

 
O prazo legal de resposta, terminou no passado dia 03 de Fevereiro.
Hoje é dia 09 de Fevereiro e a Sra, Presidente conti
O prazo legal de resposta, terminou no passado dia 03 de Fevereiro.
Hoje é dia 09 de Fevereiro e a Sra, Presidente continua sem respond
O prazo legal para a resposta acabou no passado dia 03 de Fevereiro, isto porque a Lei estabelece um prazo máximo de 10 dias úteis para a informação/documentação solicitada seja disponibilizada ao requerente.

Hoje, dia 09 de Fevereiro a resposta ainda não chegou ao requerente.
Depois do Regime, se ter disponibilizado a dar toda a informação/documentação solicitada, até mesmo por telefone. Só posso supor que o telemóvel do Regime está sem saldo …

 

Luís Miguel Martins

 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Poema: O José




O JOSÉ
 
" O José era um politico
Com um nariz engraçado
Que por ordem d’um Juiz
Acabou engavetado
 
O José tinha um amigo
A quem correu bem a vida
Comprava-lhe apartamentos
Livros, carros e comida.
 
Vivia modestamente
Com os frutos do seu labor
Vestia discretamente:
Prada, Chanel e D’ior
 
Quis fazer um aeroporto
Em terras da fundação
Do seu amigo Soares:
O que o foi ver á prisão
 
A gerir o orçamento
Teve o máximo cuidado:
O aeroporto de Beja
É o mais movimentado
 
Fez escolas em Portugal,
Até deu computadores,
Era pois fundamental
Avaliar professores
 
Fez estradas, túneis e pontes,
Só faltou o TGV,
Criou amigos aos montes
À conta das PPP
 
E em todos os concursos,
Coincidência feliz:
Nada sobrava p’ros ursos,
Só MotaEngil e a do Liz
 
Convocou uma cimeira
Para unir todos os povos,
E mostrar a todo o mundo
Que temos amigos novos
 
Grandes líderes mundiais
Todos vieram aqui:
Apoios incondicionais,
Do Chavez e do Kadafii
 
Comprou milhões de vacinas
Foi um líder prevenido
Arranjaram-lhe um emprego;
Agora foi despedido.
 
Seguindo desta maneira
E se não mudar a sorte,
Vai para a Cova da Beira
Ou consultor, no Freeport.
 
Contrariou com lisura
Tudo o que p’aí se diz
Da sua Licenciatura,
E foi estudar para Paris
 
Regressou pois doutorado
Como um cidadão comum
E foi logo convidado
Para ir à RTP 1.
 
Foi comentador escolhido
Pela sua eloquência
Agora foi despedido:
Subiu logo a audiência.
 
De ruim e vil maneira
O juiz, esse vilão:
Mandou prendê-lo, o Teixeira,
Saindo do avião
 
Mas a saga continua
Por cá toda a gente aposta
Que o José só vem p’ra rua
Quando elegerem o Costa
 
No fim achamos por bem
E em nome da decência:
José faz lembrar alguém?…
- É pura coincidência! "


Autor: Um amigo, que por ser funcionário público em Portimão e não querendo ser perseguido prefere manter o anonimato.