Número total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Contra as Portagens os Algarvios têm que se unir e elevar a “nossa” voz


Portagens serão colocadas na Via do Infante daqui a 50 dias.


A tentativa civilizada de se negociar com o Governo do Sr. José Sócrates foi infrutífera e frustrante. Não se consegue, como nunca se conseguirá negociar com um ditador.


O Algarve, a AMAL, os movimentos cívicos e os líderes políticos das diversas Autarquias Algarvias não conseguiram persuadir o Governo a não colocarem portagens na Via do Infante ainda que não exista alternativa viável e a único hipótese é designada de “Estrada da Morte”.


Tentaram as estruturas supra referidas negociar de forma civilizada com o Governo do Sr. José Sócrates, ignorando que os ditadores não negoceiam mas sim impõem a sua vontade, nem que seja pela força.


O Algarve que tão mal tratado tem sido neste últimos 36 anos pelo poder centralizado de Lisboa e pelos sucessivos Governos, prepara-se para sofrer danos irreparáveis e provavelmente irrecuperáveis.


Nós os Algarvios, quer sejamos Algarvios de nascença ou simples cidadãos que escolheram esta linda e nobre terra para viver, criar família e educar seus filhos não podemos permitir que o poder centralizado e “ditatorial” do Governo de Lisboa causa ferida quase mortal ao nosso querido Algarve.


Se com conversa, propostas, reuniões e discussões não se chegou a lado nenhum, julgo ser a hora de os Algarvios de unirem, levantarem a voz ao poder “ditatorial” do Governo de Lisboa e manifestarmos pela ausência de portagens na Via do Infante.


O Algarve precisa de menos conversa e mais acção. Apelo à manifestação.

Luís Miguel Martins

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Portugal anedótico III


O estado em que os sucessivos Governos nos últimos 36 anos, deixaram o país é de tal modo preocupante que até vira anedota, senão vejamos:


Começas a descontar em Janeiro o IRS e só vais receber o excesso em
Agosto do ano que vem, Não pagas as finanças a tempo e horas passado
um dia já estas a pagar coima e juros.


*****


Fechas a janela da tua varanda e estas a fazer uma obra ilegal,
constrói-se um bairro de lata e ninguém vê.


*****


Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos o pões a
trabalhar contigo num ofício respeitável, é exploração do trabalho
infantil, se és artista e o teu filho com 7 anos participa em
gravações de telenovelas
8 horas por dia ou mais, a criança tem muito talento, sai ao pai ou à mãe!


*****


Numa farmácia pagas 0.50€ por uma seringa que se usa para dar um
medicamento a uma criança.
Se fosse drogado, não pagava nada!



Fonte:

http://www.facebook.com/note.php?note_id=135720899827091&id=100000430056532

Portugal anedótico II



O estado em que os sucessivos Governos nos últimos 36 anos, deixaram o país é de tal modo preocupante que até vira anedota, senão vejamos:


O governo incentiva as pessoas a procurarem energias alternativas ao
petróleo E depois multa quem coloca óleo vegetal nos carros porque não
paga ISP (Imposto sobre produtos petrolíferos).


*****


Nas prisões são distribuídas gratuitamente seringas por causa do HIV,
Mas é proibido consumir droga nas prisões!

*****


No exame final de 12º ano se és apanhado a copiar chumbas o ano, O
primeiro-ministro fez o exame de inglês técnico em casa, mandou-o por
fax num domingo e é engenheiro.


*****


Um jovem de 14 anos mata um adulto, não tem idade para ir a tribunal.
Um jovem de 15 leva uma chapada do pai, por ter roubado dinheiro para
droga, é violência doméstica!


*****


Uma família a quem a casa ruiu e não tem dinheiro para comprar outra,
o estado não tem dinheiro para fazer uma nova, tem de viver conforme
podem.
6 Presos que mataram e violaram idosos vivem numa cela de 4 e sem wc
privado, não estão a viver condignamente e a associação de direitos
humanos faz queixa ao tribunal europeu.


*****


Militares que combateram em África a mando do governo da época na
defesa de território nacional não lhes é reconhecido nenhuma causa nem
direito de guerra, Mas o primeiro-ministro elogia as tropas que estão
em defesa da pátria no KOSOVO, AFEGANISTÃO E IRAQUE.



Fonte:

http://www.facebook.com/note.php?note_id=135720899827091&id=100000430056532

Portugal anedótico I



O estado em que os sucessivos Governos nos últimos 36 anos, deixaram o país é de tal modo preocupante que até vira anedota, senão vejamos:


Um jovem de 18 anos recebe 200€ do Estado para não trabalhar; Um idoso
recebe de reforma 236€ depois de toda uma vida do trabalho.

*****
Um marido oferece um anel à sua mulher
E tem de declarar a doação ao fisco.


*****


O mesmo fisco penhora indevidamente o salário de um trabalhador E
demora 3 anos a corrigir o erro.


*****


Nas zonas mais problemáticas das áreas urbanas existe 1 polícia para
cada 2000 habitantes; O Governo diz que não precisa de mais polícias.


*****


Um professor leva uma coça de um aluno
E o Governo diz que a culpa é das causas sociais.


*****


O café da esquina fechou porque não tinha WC para homens, mulheres e empregados.
No Fórum Montijo o WC da Pizza Hut fica a 100 metros E não tem local
para lavar mãos.



Fonte:

http://www.facebook.com/note.php?note_id=135720899827091&id=100000430056532

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Passivo do Município Portimão aumenta 25 Milhões em apenas 3 meses.


Município de Portimão


Comparação entre Setembro e Dezembro de 2010







Rúbrica -----------Dezembro 2010-------Setembro 2010




22- Fornecedores.....-79.487.020,00 € .............- 60.393.182,00 €



88 - Resultado ano....- 50.344.167,00 € ...........- 32.481.662,00 €



Total Passivo ............. .254 Milhões.....................229 Milhões



Total "Factoring" ....... 79 Milhões.........................74 Milhões






Apenas entre Setembro e Dezembro de 2010 o agravamento do passivo é de cerca de 25 Milhões de euros. Isso acaba por estar reflectido no resultado negativo do ano, que agravou de 32 Milhões de euros negativos para 50 Milhões de euros negativos e o Factoring agrava-se em 5 Milhões de euros. O passivo agrava-se à razão de uns impressionantes 8.3 Milhões euros mês.


A situação está incontrolável, insustentável e de prognóstico reservado. Um "estoiro" final se aproxima. Os Portimonenses e em especial os fornecedores precisam saber a verdade.
Nota: Estes números não refletem a Portimão Urbis E.M, cujas contas são igualmente desastrosas.


Luís Miguel Martins

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Portimão Urbis E.M com despesas incompreensíveis


Caros amigos o executivo Socialista esconde e desmente o inevitável no que concerne a saúde financeira do Município de Portimão, pois a sua politica limita-se à ilusão das festas e às migalhas que vão distribuindo pelos Portimonenses.


A verdade dos factos encontra-se descrita e relatada no site dos “Ajustes Directos”, senão vejamos: A Portimão Urbis E.M contratou e gastou 55.230,00 € ( por Ajuste Directo) no final de 2010 na aquisição de 1500 cabazes de Natal para os funcionários da Autarquia Local e empresas municipais, conforme poderá aferir em: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=207127&lk=srch


Por Autarquia Local entende-se, conforme decorre da Lei, o Município de Portimão e as respectivas Freguesias. Quer isto dizer que uma empresa municipal com o seu quadro de pessoal e seu objecto social próprio é que anda a pagar cabazes de Natal aos funcionários da Câmara de Portimão e das 3 Freguesias, quando deviam ser essas próprias entidades a pagar as despesas e encargos com seu pessoal.

Perguntar-se-á porque optam os Socialista por este procedimento, no meu entendimento ferido de ilegalidade. A resposta é simples, a Câmara está “falida” e sem crédito e nesses termos a Portimão Urbis E.M sempre se poderá endividar através do já famoso factoring.


Uma coisa vos prometo, desta conduta sairá denuncia para o Tribunal de Contas e para a IGAL.

Luis Miguel Martins

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Portimão Urbis E.M converteu-se em aldeia de Juristas/Advogados



A Portimão Urbis E.M é ume entidade que conta nos seus quadros com juristas, não obstante esse facto contratou mediante contrato prestação de serviços os préstimos de mais 3 juristas e um solicitador, tendo ainda a possibilidade de usufruir gratuitamente dos excelentes serviços técnico-jurídicos da Câmara Municipal de Portimão.


Não satisfeita, a Portimão Urbis E.M contratou em finais do ano passado uma sociedade de advogados de Lisboa para lhe prestar apoio jurídico pela módica quantia de 50.000,00 €.. conforme se pode constatar em: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=196500&lk=srch

Eis que não, mas já se confundindo a Portimão Urbis E.M com uma pequena aldeia de juristas e Advogados, a mesma contrata no inicio de 2011 o apoio jurídico de mais uma sociedade de Advogados de Lisboa, pela módica quantia de 60.000,00 €, conforme se constata em : http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=213535&lk=srch.


O mais grave, é que em Portimão existe um Instituo Superior que ministra o curso de Direito e de Solicitadoria, mas ao que parece o Executivo Socialista ignora tal facto, pois opta constantemente por contratar apoio jurídico fora do Algarve em detrimento do existente na nossa cidade.


No entanto uma questão se coloca: Será que o Executivo Socialista carece assim tanto de contratar apoio jurídico derivado às acções contenciosas intentadas pela oposição, ou pelo incremento de outros processos que derivaram de outras tantas denuncias ? Será ?

Luís Miguel Martins

Portimão Urbis e o Ajuste Directo: Empresas de Portimão são ignoradas.



Portimão Urbis E.M continua com a política dos Ajustes Directos, optando dessa forma por empresas de Lisboa em detrimento das nossas empresas.


Desta feita contratou no inicio de 2011 o apoio jurídico de mais uma sociedade de Advogados de Lisboa, pela módica quantia de 60.000,00 €, conforme se constata em : http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=213535&lk=srch.


Ajustes Directos ajudam ao enriquecimento de sociedades fora de Portimão e do Algarve, à custa do empobrecimento e do desemprego na cidade de Portimão.


É conhecimento local, distrital e até nacional que a cidade de Portimão bate recordes de desemprego, pois praticamente não existe indústria nem manufaturação, limitando-se a economia local ao Turismo, Restauração, Serviços e venda a retalho.


Nesses termos urge que o Município de Portimão aquando o momento de contratar opte por empresas locais ou pelo menos conceda uma oportunidade às nossas empresas de participar em concursos públicos.


Para nosso espanto o executivo Socialista continuar a aplicar o Ajuste Directo como regra, em detrimento do Concurso Público, o que desde logo inibe a participação das nossas empresas em concursos, mas não querendo ficar por ai, o executivo Socialista opta quase sempre por contratar por Ajuste Directo empresas fora de Portimão, fora do Algarve em prol das nossas empresas.


Sem trabalho as nossas empresas não podem contratar recursos humanos e combater o flagelo do desemprego, por isso não tenhamos dúvidas o executivo Socialista não governa a cidade de Portimão em prol dos Portimonenses, mas sim em prol de interesses que desconhecemos.

Luís Miguel Martins

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Portimão Urbis E.M continua com os Ajustes Directos


Desta feita a Portimão Urbis E.M contratou por Ajuste Directo à empresa João Rosado - Comércio de Tintas e Acessórios, Lda. para uma empreitada de Impermeabilização da Bancada Poente do Estádio Municipal de Portimão pelo quantia de 68.500,00 €.

Confirme em: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=214303&lk=srch

Já aqui foi escrito, mas volta-se a repetir que é incompreensível e até ofensivo para quem paga impostos que a empresa Municipal Portimão Urbis despende cerca de 1.290. 637,00 € acrescido de IVA à taxa legal , perfazendo a quantia global de 1.587.483,51 € (endividando-se junto da banca) do erário público em Ajustes Directos com o Estádio Municipal. optando pelo procedimento menos democrata e menos universal dando-se ao luxo de não aferir o melhor preço e não permitindo dessa forma a concorrência entre empresas.

A verdade é que a incompreensível e racionalmente injustificável a politica dos Ajustes Directos praticada pela gestão Socialista, não zelando dessa forma pelo quase extinto erário público.

A politica do Ajuste Directo não permite ao Município de Portimão e ao seu sector empresarial municipal contratar pelo melhor preço, nem permite uma sã e leal concorrência entre as diversas empresas. Com a consequência mais nefasta de quando se contrata, e são muitíssimas as vezes, empresas de fora, as empresas de Portimão são colocadas de parte, não lhes permitindo o executivo Socialista que laborem, criem riqueza e assim contratem mais empregados. Designadamente numa época em que os Socialistas pedem sacrifícios aos Portimonenses com a subida para a taxa máxima do IMI.

Termos em que, aqui fica expostos, todos os Ajustes Directos, até à presente data, efectuados pela Portimão Urbis para com o Estádio Municipal:

748.850,00 € - Concepção / Execução da Empreitada de Remodelação do Estádio Municipal de Portimão
161.950,00 € - Prestação de serviços de fornecimento e montagem de bancada amovível para o Estádio Municipal de Portimão
149.872,00 € - Empreitada de requalificação do relvado do Estádio Municipal de Portimão
98.750,00 € - Empreitada de demolição da bancada nascente e do muro norte do Estádio Municipal de Portimão
98.201,01 € - Prestação de Serviços de Fornecimento de Mobiliário para o Estádio Municipal de Portimão
54.871,80 € - Empreitada de Execução de Estacas de Estacas Moldadas para o Estadio Municipal de Portimão
27.192,15 € - Prestação de serviços de requalificação do sistema de bilhética e de controlo de acessos do Estádio Municipal de Portimão
24.950,00 € - Prestação de Serviços de Execução de Projectos e Consultoria no Âmbito da Requalificação do Estádio Municipal de Portimão
68.500,00 € - Empreitada de Impermeabilização da Bancada Poente do Estádio Municipal de Portimão.



P.S: Existe ainda uma verba de 142.500,00 € designada de Empreitada de Demolição, que se julga ser igualmente quantia despendida por Ajuste Directo no Estádio Municipal.


Confirme tudo em: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/ajustedirecto/list.aspx



Luis Miguel Martins

Nacional 125 ainda é a “Estrada da Morte”


Hoje é um dia triste para o Algarve, pois mais uma vez a N125 ceifou uma vida. Desde o início do ano, nove (9) pessoas já perderam a vida na estrada nacional 125, conhecida até há bem pouco tempo em toda a Europa como a “estrada da morte”.


Temo que com a implementação em Abril próximo das portagens na A22 se verifique uma fuga do tráfego para a N125 e com isso se verifique um aumento de acidentes que coloquem em risco a vida dos Algarvios a daqueles que nos visitam.


Depois já “aceitação” das portagens levada a cabo pela EMAL com voto favorável de todos os Presidentes de Câmara da região Algarvia, é hora de em nome das suas populações redimirem-se e tomarem através da AMAL uma tomada de posição que não permita a implementação das portagens na A22, na medida em que a N125 não é alternativa para ninguém, mas sim um risco para a vida dos seus transeuntes.


É um caso de saúde pública, pois a vida dos Portimonenses e de quem nos visita corre sérios riscos na N125.

Não se calem…

Luís Miguel Martins

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O mistério do desaparecimento do "Parecer Jurídico"


O misterioso “Parecer Jurídico”.

Aquando a discussão do orçamento do Município de Portimão de 2010, isto é em finais de 2009, os Socialistas avançaram com isenções excepções do IMT que os membros da Assembleia Municipal do Partido Social Democrata, até concordavam, mas existiam reservas no que concerne á legalidade de tal, tendo posteriormente intentado declaração de voto.
Da parte dos Socialistas o Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Portimão para acalmar e tranquilizar as suas hostes disse em Sessão da Assembleia Municipal que e passo a citar “…aliás existe também um PARACER JURIDICO na Câmara, que poderá ser facultado a quem muito bem entender desde que o solicite como não poderia deixar de ser.”.
Desde o inicio de 2010 que o membro do partido Social Democrata da Assembleia Municipal Dr. Carlos Bicheiro já requereu por 5 vezes cópia do referido parecer jurídico ao Exmo. Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Portimão e tendo inclusivamente a Comissão Política do partido Social Democrata requerido por uma oportunidade cópia do referido parecer.
Vamos em Fevereiro de 2011 e até á presente data o Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Portimão, não se dignou exibir o referido parecer jurídico.
Sabemos e conhecemos os nossos direitos. Desde Fevereiro de 2010 que poderíamos já ter intentado (outra/mais uma) acção contenciosa contra a sonegação ilegal de documentação, mas temos estado calmamente a aguardar pela entrega do mesmo. Não queremos, nem nos passa pela cabeça que o referido parecer jurídico, invocado pelo Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Portimão NÃO EXISTA.
Pois nesses termos a situação é substancialmente mais gravosa.

E assim vai a democracia em Portimão, com o executivo Socialista a sonegar ilegalmente documentação á oposição. Pois como dizia o poeta, não basta frequentar-se a missa todos os dias para se ser acólito.

Luís Miguel Martins

O que tanto se esconde na Portimão Urbis E.M ?


O que tanto se esconde na Portimão Urbis E.M ?

Fruto da gestão sigilosa e secreta que vigora na Portimão Urbis E.M em que tanto a oposição como os Portimonenses desconhecem, no decurso de Outubro de 2010, mais precisamente dia 12 foi peticionado pelo ora signatário requerimento a peticionar a identificação de todos os processos respeitantes a despesas igual e superior a 5.000,00 € e identificação do respectivo procedimento adoptado nos últimos 36 meses da Portimão Urbis E.M.


Em 12 de Dezembro de 2010, isto é 2 meses depois, quando a Lei determina que os actos sejam praticados em 10 dias, o ora signatário é notificado mediante oficio n.º 001382 que além de ser totalmente omisso em relação ao peticionado, remete para o site https://WWW.bizgov.pt que desde já convido-os a consultar pois nada mencionada no que concerne à Portimão Urbis E.M .

Duas questões têm que ser colocadas:


1. Quais os verdadeiros motivos que levam os Socialistas a exercerem uma gestão sigilosa e secreta na Portimão Urbis E.M, quando a mesma deveria ser transparente e de fácil consulta por todos os interessados pois tratasse da gestão de dinheiros públicos ?


2. Porque ocultam e sonegam os Socialistas informação e documentação à oposição ?

Perante tais factos, no entendimento do signatário e à luz da Legislação vigente ilícitos, outra opção não resultou se não intentar competente acção contencioso cujo Processo é o número 748/10.1 BELLE e corre termos no tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé.


Anexo: Cópia do respectivo ofício.


Luís Miguel Martins

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

As Promessas dos Socialistas II


Em 2010, os Socialistas surgirem desta feita com a promessa de uma “fábrica da Porsche” em Portimão.


Iriam ser investidos entre 3 a 4 milhões de euros na instalação da fábrica e seriam criados 25 postos de trabalho,


Uma questão se coloca: Alguém via por ai uma fábrica da Porsche ???


Até quando vão os Portimonenses acreditar nas “promessas” dos Socialistas ???

Vejam as promessas dos Socialistas:



“O autarca Manuel da Luz, que assina na sexta-feira o acordo com a subsidiária da italiana N.Technology em Portugal e com o Autódromo Internacional do Algarve, declarou que a empresa "está disposta a investir imediatamente entre três e quatro milhões de euros na instalação da fábrica", cuja construção arranca em Maio.”

Confirme em: http://www.autoportal.iol.pt/desporto/velocidade-desporto/fabrica-da-porsche-vai-instalar-se-em-portimao


“Segundo o presidente da Câmara Municipal de Portimão, Manuel da Luz, a N.Technology "está disposta a investir imediatamente entre três e quatro milhões de euros na instalação da fábrica". O período de laboração está estimado entre 2011 e 2026. Além dos 25 postos de trabalho directos, poderão vir a ser criados cerca de meia centena a curto prazo. Situação que depende do desenvolvimento do projecto.”
Confirme em: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1539393


"É preciso é chutar a bola para a frente, porque investimento atrai investimento", desabafava Manuel da Luz, presidente da Câmara Municipal de Portimão, após a conferência de imprensa de apresentação da nova fábrica que transformará modelos Porsche para competição, no novo Parque Tecnológico junto ao Autódromo do Algarve.”

Confirme em: http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=35982

As Promessas dos Socialistas I



No decurso da campanha para as últimas autárquicas os Socialistas atravéz do candidato a Presidente da Câmara Municipal de Portimão disseram aos portimonenses que iria instalar uma fábrica de carros em Portimão.


Iriam ser criados 350 postos de trabalho directos e seriam investidos 30 milhões de euros.


A grande questão é: Aonde está a fábrica de carros que os “Socialistas” venderam aos portimonenses a troco de votos ?
Ainda acredita nessa gente ?????


Vejam as promessas dos Socialistas:



“Manuel da Luz, presidente da Câmara Municipal de Portimão, explicou ao DN que esta fábrica irá "empregar 350 pessoas directamente" e que o investimento, de cerca de 30 milhões de euros, será comparticipado pela autarquia, "assim como pelo Turismo de Portugal, através do AICEP".”
Confirme em: http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1163501

“Manuel da Luz fez o anúncio do acordo no Portimão Arena durante uma iniciativa partidária de lançamento da sua terceira candidatura à Câmara de Portimão para as próximas eleições autárquicas.
Perante mais de 1.500 pessoas, o autarca e candidato do PS divulgou que quinta-feira transacta «foi fechado o acordo para a instalação de uma fábrica de automóveis em Portimão, nos terrenos do autódromo».
«Representa cerca de 350 postos de trabalho directos, ao que se acrescentam os indirectos», disse o autarca socialista, frisando os benefícios dos cerca de 30 milhões de euros de investimento.”
Confirme em: http://forum.autohoje.com/desporto-automovel/68589-fabrica-de-carros-da-a1gp-construida-em-2009-em-portimao.html

Socialistas começam campanha promoção da cidade de Portimão.


Os Socialista em Portimão não contentes com o despesismo descontrolado, com um Município “insolvente” e uma Empresa Municipal designada de Portimão Urbis na “ruída”, resolveram avançar com mais tachos “for the Boys” criando uma desnecessária Associação de Turismo.


Desnecessária na medida em que os fins que a Associação de Turismo persegue são da Atribuição do Município de Portimão e poderiam perfeitamente ser alcançados dentro da “Câmara” utilizando os meios e recursos Humanos do Município de Portimão, em detrimento de contratar-se mais “Boys” e ainda delapidar-se mais as contas de um Município por si já falido.


Eis que, os Socialistas conseguem promover Portimão num jornal de referência nacional, nomeadamente no Correio da Manhã, que na edição de 02 de Fevereiro de 2011 promovia Portimão da seguinte forma” Portimão é o pior concelho.”.


Certamente que os cidadãos de Portimão, seus empresários e suas empresas agradecerão essa promoção aos “Boys” Socialistas.


P.S: Em nota de rodapé, reparei que aquando a tão promovida escritura de constituição da referida Associação de Turismo, quem a constituiu foi o Município de Portimão. No entanto a Assembleia Municipal deliberou e aprovou com os votos dos Socialistas que quem iria constituir a mesma seria a “Câmara de Portimão”…Curioso…porque á data aleguei que a Câmara não tinha personalidade jurídica logo não poderia constituir nada, mas os Socialistas a seu timbre ignoraram. Eu não me esqueci. Certamente mais uma para o tribunal dissecar.

Luis Miguel Martins

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Portimão os Ajustes Directos continuam


Portimão os ajustes directos continuam:


A já extinta Portimão Turis E.M queimou” cerca de 25 mil contos, isto é 124.000,00 € do já escasso erário público em serviços de consultadoria de apoio à gestão do programa cluster de cinema em Portimão, mediante o nosso já conhecido Ajuste Directo, contratando dessa forma uma Sociedade Unipessoal de Aveiro.


Dessa forma os Socialista em Portimão, conseguem evitar a livre e saudável concorrência entre empresas e não permitem que as empresas e os profissionais do nosso concelho concorram, trabalhem, aufiram capital e contratem trabalhadores.


Em detrimento do concurso público, os Socialistas, contratam mediante o Ajuste Directo, sem de importarem pelo melhor valor e melhor propostas, uma empresa de Aveira, com inicio de atividade em 2008 e com um único trabalhador.

Ajuste Directo:


N.º Procedimento:
108531

NIF Nome entidade adjudicante
508666520 Portimão Turis, E.M.


NIF Nome entidade adjudicatária
508425743 Simpliradar Unipessoal, Lda

Objecto do contrato:
Prestação de Serviços de Consultoria de apoio à gestão e apoio técnico do programa do Cluster de cinema em Portimão


Preço contratual :
124.000,00 €

Local de execução:

Confirmem tudo em: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=105742&lk=srch


Identificação Empresa:

508425743 CAE: 70220 INÍCIO DE ACTIVIDADE: 11-01-2008 EMPREGADOS: 1 ESTADO: Activa

ENTIDADE: Simpliradar, Unipessoal Lda

MORADA: Rua Doutor Artur Alves Moreira, Bloco 11, 3º Esqº

LOCALIDADE: Urbanização Carramona TELEFONE: FAX:

CÓD. POSTAL: 3800-091 AVEIRO URL:

DISTRITO: Aveiro CONCELHO: Aveiro FREGUESIA: Esgueira

FACEBOOK: TWITTER:

ACTIVIDADE: Actividades de Consultoria, Científicas, Técnicas e Similares

CATEGORIA: Outras Actividades de Consultoria para os Negócios e a Gestão

APRESENTAÇÃO: Consultoria para os Negócios e a Gestão, Excluindo a Jurídica



Confirme tudo em: http://www.linkb2b.pt/empresas/consultoria/negocios-gestao/simpliradar-508425743.php