Número total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

As Promessas dos Socialistas II


Em 2010, os Socialistas surgirem desta feita com a promessa de uma “fábrica da Porsche” em Portimão.


Iriam ser investidos entre 3 a 4 milhões de euros na instalação da fábrica e seriam criados 25 postos de trabalho,


Uma questão se coloca: Alguém via por ai uma fábrica da Porsche ???


Até quando vão os Portimonenses acreditar nas “promessas” dos Socialistas ???

Vejam as promessas dos Socialistas:



“O autarca Manuel da Luz, que assina na sexta-feira o acordo com a subsidiária da italiana N.Technology em Portugal e com o Autódromo Internacional do Algarve, declarou que a empresa "está disposta a investir imediatamente entre três e quatro milhões de euros na instalação da fábrica", cuja construção arranca em Maio.”

Confirme em: http://www.autoportal.iol.pt/desporto/velocidade-desporto/fabrica-da-porsche-vai-instalar-se-em-portimao


“Segundo o presidente da Câmara Municipal de Portimão, Manuel da Luz, a N.Technology "está disposta a investir imediatamente entre três e quatro milhões de euros na instalação da fábrica". O período de laboração está estimado entre 2011 e 2026. Além dos 25 postos de trabalho directos, poderão vir a ser criados cerca de meia centena a curto prazo. Situação que depende do desenvolvimento do projecto.”
Confirme em: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1539393


"É preciso é chutar a bola para a frente, porque investimento atrai investimento", desabafava Manuel da Luz, presidente da Câmara Municipal de Portimão, após a conferência de imprensa de apresentação da nova fábrica que transformará modelos Porsche para competição, no novo Parque Tecnológico junto ao Autódromo do Algarve.”

Confirme em: http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=35982

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.