Número total de visualizações de página

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Dragagem Rio Arade



A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, tomou a decisão que permite à Administração dos Portos de Sines e do Algarve iniciar as dragagens no Rio Arade, para eliminar um cabeço de areia existente entre o porto de pesca, e a zona ribeirinha de Portimão.

O despacho da Ministra, envolvo em surpreendente celeridade, prende-se com a realização do Grande Prémio de Portugal do Campeonato do Mundo de Formula 1 de Motonáutica, que regressa a Portimão no próximos dias 29 e 31 de julho, e que usa precisamente o espelho de água dessa zona do estuário do rio Arade, uma vez que a dita Ministra considera a prova “ relevante para a economia da região ".

No entanto, lamenta-se a falta de empenho e de celeridade na carecida e urgente decisão final sobre as obras que iriam permitir trazer navios de cruzeiro de maiores dimensões ao porto de Portimão, essa sim de extrema relevância para a economia da Região.

Termos em que,

O Confessionário de Portimão, congratula a decisão da Ministra, mas recorda-a que a economia da região não depende de um único evento náutico de cariz desportivo, mas sim de condições estruturais que permitam combater a sazonalidade e promover cada vez mais o turismo de cruzeiro, como a requalificação do Porto de Cruzeiros de Portimão.

Como também seria de extrema relevância para a economia da Região a drenagem do leito do Rio Arade, de modo a permitir a retoma da navegabilidade entre Portimão a Silves .


Luís Miguel Martins 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.