Número total de visualizações de página

terça-feira, 21 de outubro de 2014

A Tirania de uma minoria



No passado dia 10 decorreu mais uma sessão Ordinária da Assembleia Municipal de Portimão, com mais uma ausência da Sra. Presidente da Câmara, desta feita na freguesia da Mexilhoeira. Por motivos pessoais não pude estar presente e fiz-me representar pela minha mui distinta companheira Diamantina Barnabé.
A oposição de forma mais ou menos concertada, deu inicio a um movimento ( o qual subscrevo na integra e sem reservas )para agendar uma Sessão Extraordinária da Assembleia Municipal, cuja ordem de trabalho seria somente a revogação da deliberação tomada pelo próprio órgão que aprovou o já polémico Regulamento Municipal de Taxas da protecção Civil.
Entregue o mencionado requerimento, agendada reunião de líderes, ficou tudo em águas de bacalhau …
O receio que se realize a referida Sessão Extraordinária é notório e flagrante. O desassossego do Regime em enfrentar os Portimonenses, os seus e nossos concidadãos é constrangedor.
Não só está posta em causa a legalidade da sua não convocatória como a própria Democracia.
Portimonenses abram os olhos.
A tirania da minoria chegou e quer-se impor aos reais interesses de toda uma colectividade…
 

Luís Miguel Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.