Número total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Socias Democratas comprometidos com o regime

Ilustres amigo(a)s e companheiro(a)s, é desnecessário descrever o que se passa no PSD/Portimão e o desvio à esquerda que alguns nossos companheiros optaram por fazer.
É igualmente desnecessário, mencionar que no Executivo e Assembleia Municipal sou o único autarca que não se deixou seduzir pelo Regime vigente, que disse não aos modos como a “ nula “ coligação foi celebrada e o seu conteúdo e alcance.
É igualmente desnecessário, mencionar que de momento, sou o único autarca do PSD do Município de Portimão que optou pelo Estatuto de Oposição e faz oposição ao Regime.
Agora, quando o “ ainda ”  líder da bancada do PSD é notificado para eleger dentro dos 4 membros eleitos pelo PSD para a Assembleia Municipal, 2 para a Comissão de acompanhamento do PAM ( Plano Apoio Municipal ) e 2 para a Comissão acompanhamento extinção da Portimão Urbis e sua Externalização e à revelia deste V/autarca, opta-se à porta fechada e na surdida por indicar o próprio e a Dra. Evelina Madeira para a Comissão de Extinção da Portimão Urbis e novamente o próprio e um elemento eleito mas que mais tarde descobriu-se ser  socialista para a Comissão de acompanhamento do FAM, deixando de fora este V/autarca que é o único que ali faz oposição ao regime, é no mínimo indecoroso, indelicado e estranho, muito estranho …
Obviamente que isto é premeditado, negociado e dá muito, muito jeitinho ao Regime e seus apaziguados e à candidatura à concelhia do PSD/Portimão que ratifica e promove este conduta.
Mais uma vez autarcas Socialista Democratas a trabalharem para o Regime em detrimento do PSD/Portimão e dos Portimonenses que nos elegerem.
Eis a razão porque o PSD precisa urgentemente de se erguer das cinzas e sair de uma fogueira que não lhe pertence e a um fogo ateado por poucos, mas que ameaçou queimar muitos e até a própria Secção do PSD de Portimão.

Mais uma vez afirmo, eis mais uma das razões pela qual apoio e estou com a candidatura do Hélder Renato e do Filipe Abreu.
 

Luís Miguel Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.