Número total de visualizações de página

domingo, 8 de março de 2015

Videovigilância por onde andas ?



Corria o ano de 2011, quando o à data Presidente da Câmara Municipal de Portimão, Dr. Manuel da Luz disse, em conferência de imprensa no salão nobre da câmara, que pretendia reorganizar a segurança no concelho e ter preparados até ao Verão de 2011 os dossiers da videovigilância, Polícia Municipal e dos Guardas-Nocturnos.
 
Recordo que já em 2007 tinha sido elaborado um primeiro dossier de videovigilância para a zona da Praia da Rocha que infelizmente não foi aceite na totalidade pela Comissão Nacional de Protecção de Dados.
 
Hoje, em pleno mês de Março de 2015, ainda não existe videovigilância em Portimão.
Advogo que a videovigilância é deveras importante para Portimão, não só para prevenir, persuadir ou identificar situações de conflito, mas também, em termos psicológicos, para dar um sentimento de segurança às populações e visitantes.
Num concelho turístico como Portimão, a colocação de câmaras de videovigilância na zona da Praia da Rocha e centro de Portimão certamente traria um  maior sentimento de segurança que empresários, residentes, turistas e o próprio Turismo agradeceriam.
O tema pela sua importância, e efeitos que poderia causar, merece ser novamente alvo de debate e discussão.
Termos em que, provavelmente será altura de novamente se colocar o tema da videovigilância na agenda …

Luís Miguel Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.