Número total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Novos Rumos Sem Rumos…


Ao fim de 9 meses de governação destes Novos Velhos Rumos, tudo se mantém na mesma.
A estrutura da Portimão Urbis está igualzinha.
Nenhuma medida estrutural ou de fundo foi tomada.
Após a realização do estudo sobre o futuro da Portimão Urbis, o mesmo ainda não saiu da gaveta.
Termos em que, perante esta incapacidade governativa não estranha que o Tribunal de Contas alegue que:
a)      A Portimão Urbis não tinha cumprido os critérios da Lei entre 2010 e 2012, que obrigava que as receitas próprias representem metade das receitas totais;
b)      Inexistência de fundos disponíveis por parte do Município.
 
Isso já se sabia. Era do conhecimento de todos. A oposição avisou a tempo e horas. Estes Novos Velhos Rumos foram incapazes de fazer algo…
O resultado tornou-se assim inevitável...
 
Luís Miguel Martins

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.