Número total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

É imoral ...


Ontem na Sessão Extraordinária da Assembleia Municipal de Portimão, convocada pelos membros da bancada Socialista e pelos membros da bancada do PSD coligados ( ainda que os órgãos próprios já tenham declarada nula a alegada coligação e seus efeitos ) onde obviamente não se encontra o Luís Miguel Martins discutiu-se, em jeito de atirar areia aos olhos dos Portimonenses, a criação de uma Comissão para acompanhar o Regulamento da Taxa da Protecção Civil.
Acresce e importa referir, sublinhar e alertar que a Exma. Sra. Presidnete da Câmara disse e passo a citar:
“ … já recebemos cerca de 700.000,00 € até ao momento. Não é preciso esse dinheiro todo para os Bombeiros.”.
Não é preciso tanto dinheiro. Não senhora. ”.
 
 
                   Acresce que ainda falta cobrar mais, muito mais...
Ilustres e caros Portimonenses num momento de crise nacional, num município falido, que bate recordes na taxa de desemprego, com um imobiliário quase parado e ainda se dão ao luxo de taxarem os Portimonenses por quantias muito superiores àquelas efectivamente necessárias !
É imoral este Regulamento.
É imoral cobrarem aos Portimonenses quantias superiores ao efectivamente necessário.
É imoral cobrarem às famílias e não taxarem as Bombas de Gasolina, o gasoduto da empresa de gás, a REFER, a SCUT e tantas outras situações…
É imoral o Regulamento não prever excepções para os desempregados, carenciados e outros…
É imoral esta conduta perante os cidadãos de Portimão.
 
Luís Miguel Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.