Número total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Este país não é para gente séria ...

Este país não é para gente séria…

Tendo tomado conhecimento do projecto lei apresentado pelo Bloco de Esquerda, sobre a Exclusividade dos Deputados da Nação, não há muito aqui escrevi que este país não era para gente séria.

Este país não ...
é para gente séria, quando os Deputados da Nação actuam como Legisladores que são, fabricando Legislação inclinadíssima que protegem os escritórios, os bancos, e as grandes empresas e corporações, que paralela e simultaneamente trabalham em prol do interesse da Nação.

Hoje, com honrosas e poucas excepções de alguns ilustres Deputados, que tiveram a coragem de apresentar declarações de voto, tais como os deputados do PSD Conceição Ruão, Eduardo Teixeira, Manuela Tender, Graça Mota, Duarte Marques, Cristovão Norte e Mendes Bota, os outros todos só vieram corroborar que efectivamente este país não é para gente séria.

Não só não é para gente séria, como a própria casa da Democracia está podre.

Questiono, como trazer credibilidade à política se somos brindados com estas vergonhosas e lamentáveis deliberações.

Nestes termos, definitivamente, não me revejo nesta Assembleia da República, nestes deputados e respectivas bancadas, desprovidas de moralidade, onde mais uma vez o corporativismo, lobbys e interesses particulares subsistem ao interesse nacional.

Este país efectivamente não é para gente séria, como está podre…



Luís Miguel Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.