Número total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de março de 2014

Último dia para Grupo Trabalho criado, apresentar solução para a Portimão Urbis.



Em finais de Janeiro do corrente ano, anunciava aos sete ventos a Exma. Sra. Presidente da Câmara Municipal de Portimão, a constituição de um grupo de trabalho para a Portimão Urbis, que diga-se de passagem excluiu toda a oposição e até aquela que alegadamente se coligou com o Regime, para apresentar um documento que fosse conclusivo quanto aos seguintes aspetos: Qual será o impacto financeiro no município no desenvolvimento das atividades no regime de Internalização vs. Externalização (recurso à empresa local); qual o impacto na estrutura organizacional do Município no âmbito do processo de internalização das atividades e dos trabalhadores, devendo igualmente ser efetuada uma avaliação dos efeitos da dissolução da Portimão Urbis EM, SA, no Município.
Link/apresentação grupo trabalho: http://www.algarveprimeiro.com/d/equipa-de-trabalho-estuda-efeitos-da-dissolucao-da-portimao-urbis-/2417-4
O “ death line “ para apresentação do referido estudo, estabelecido pelos próprios, seria 31 de Março de 2014, ou seja, hoje.
Prazo ( 2 meses ) esse  digamos, até um pouco extensivo, para se responder às questões suscitadas, por motivos que por ora não convém aprofundar.
Diria O Confessionario de Portimão que 15/30 dias seriam mais que suficiente, mas o Regime entendeu que 2 meses era o ideal.
Pois bem…
Hoje é o último dia.
 
 Aguarda O Confessionário de Portimão pela apresentação do “aprofundado” estudo e os seus resultados.
 
Email: luismiguelmartins.autarca.ptm@gmail.com

Luís Miguel Martins

 

1 comentário:

  1. Vale a aposta de que não haverá decisões antes de 25 de Maio (europeias)?
    Para as tomarem antes será necessária coragem política. Será que a têm?
    FV

    ResponderEliminar

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.