Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Encerramento da Maternidade em Portimão




Encerramento da Maternidade em Portimão
Muito se tem especulado se a Maternidade do Hospital de Portimão encerra, não encerra e tal a acontecer, para quando ?
A reposta foi-nos dada através de uma recente entrevista do Presidente do Conselho de Administração do CHA, quando mencionou, e passo a citar “ fecha se não tiver condições mínimas ”.
Obviamente que se não tiver as condições mínimas, de recursos humanos especializados entenda-se, jamais se poderá colocar em riscos as parturientes e os bebés. Assumindo-se a deslocação à maternidade do Hospital de Faro, um sacrifício mínimo comparado ao risco que acarretaria a manutenção de um serviço tão particular e exigente, sem as condições mínimas.
No entanto não me parece que este seja exclusivamente um problema de gestão do CHA. Obviamente que o é, mas é mais um problema de gestão distrital ou se quisermos de gestão Nacional dos recursos humanos existentes e adstritos a uma determina região, no caso em apreço ao Algarve.
Tratando-se de um claro e identificado caso de falta de médicos na especialidade em apreço, que se encontra limitada a oito obstetras e seis pediatras, atendendo à visível e já denunciada dificuldade que a Região Algarvia enfrenta em atrair especialistas, nesta e noutras especialidades, parece-me que é de todo o interesse Distrital e até Nacional que a maior região turística do país seja descriminada positivamente e seja dotada de meios financeiros e não só, que consiga atrair os médicos especialistas que escasseiam…

Luís Miguel Martins

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.