Número total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Antes profeta da desgraça que promotor da mesma.



Fechar os olhos ou expor a verdade ?


Em Portimão o executivo socialista e actual poder vigente e uns quantos outros têm constantemente apelidado quem denuncia as verdades como “ profetas da desgraça “.

Essa vertente de pensamento entende que só o poder vigente e uns quantos interessados poderão ter o real conhecimento dos diversos assuntos que dizem respeito ao Município de Portimão. Ocultam a realidade e a verdade aos administrados, isto é de todos nós, administrando na sombra do conhecimento. Preferem ocultar a realidade, tentam silenciar os delatores, fecham os olhos à adversidade e silenciam-se perante as interrogações.

Praticam a politica da mentira, desmentindo o indesmentível, negando até na evidencia.



Mas eis que, existem os “profetas da desgraça”. Homens e Mulheres que a tempo e horas delataram a gravíssima situação económica e financeira que o Município de Portimão se encontrava, ainda que ignorados e até gozados pelo poder vigente. Homens e Mulheres que factual e documentalmente expõem a verdade aos Portimonenses, partindo do principio que a verdade e a realidade deve ser conhecida por todos. Homens e Mulheres que denunciam as irregularidades praticadas, sem receios nem interesses, que não fecham os olhos perante a adversidade nem se silenciam perante as ameaças, perseguições e terror que se vive politicamente em Portimão.


De acordo com o supra exposto, antes “profeta da desgraça” que promotor da mesma.

Luís Miguel Martins

1 comentário:

  1. A verdade custa muito, até mesmo para quem não está no poder.

    ResponderEliminar

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.