Número total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Os tentáculos do “Polvo” do regime.

Fazendo parte de um órgão municipal que se encontra na oposição ao regime vigente e de uma Comissão politica que feroz, corajosa  e frontalmente encara o regime e desvenda a todos os seus mais íntimos segredos, tenho sido o destinatário nos últimos meses de alguns comentários menos próprios e até ofensivos. Mas sinceramente tal não me incomodada, como diz o outro sou imune aos mesmos.
O mesmo infelizmente, não posso dizer em relação a 2 ou 3 propagandistas, que por mais de uma vez tentarem, obviamente sem sucesso, convencer-me que delatar/denunciar as verdades ocultas, isto é dar a conhecer a verdade, não seria a melhor política, nem o melhor para Portimão. Independentemente dessas 3 ou 4 opiniões, pois Graças a Deus, limitam-se a polir o pó ao regime vigente, a esmagadora maioria dos partidários e simpatizantes assim não consideram.
Nesses termos, tenho vindo a assistir de forma algo insólita, assumo, a ingerência dos tentáculos do “Polvo” do regime nas associações e clubes de futebol, onde as listas vencedoras não só reflectem e são patrocinadas pelo regime vigente, como incluem os tais 2 ou 3 dissidentes que parecem gostar mais do regime do que da ideologia política que livremente adoptaram e até em fóruns inicialmente apartidários.   Como se tal não bastasse tenho igualmente vislumbrado uma clara e objectiva tentativa de diminuição por parte do regime vigente não só do maior partido da oposição bem como verdade se diga de toda a oposição ,pretendendo causar confusão e desconfiança. O que verdade se diga, na parte que me toca, não conseguiu o regime alcançar seus objectivos.
Os comentários, os inquéritos, as perguntas efectuadas tanto no Facebook como em outros fóruns de comunicaçãos, têm intencionalmente tentado causar embaraços não só nos partidos da oposição como nos futuros candidatos. Pessoalmente não acredito em coincidências, nem em inocências.
Tudo tem um propósito, precisamente por isso é que estamos vigilantes e atentos aos tentáculos do “Polvo”.

Luís Miguel Martins

2 comentários:

  1. Os aventais não são um bando de mal feitores. Mas este polvo de Portimão, onde se junta PS e PSD é um bando de demoníacos mal feitores...

    ResponderEliminar
  2. Por detrás dos aventais ou outra peça de rouba estão somente os interesses de 4 ou 5 em detrimento dos interesses de 50 mil. Pensem nisso.

    ResponderEliminar

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.