Número total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Execução orçamental de apenas 28% e rubricas com valores inflacionados



Relatório do ROC

Ponto 11.3

Página 4


“11.3 Os mapas de controlo orçamental da receita e das despesa, de 31 de Dezembro de 2010, evidenciam receitas cobradas brutas e despesas pagas de 46.740.761,00 € e de 46.484.109,00 €, respetivamente, traduzindo uma reduzida execução orçamental de 28%, respetivamente. Os principais desvios desfavoráveis na execução da receita registaram-se nas rubricas Rendimentos de Propriedade e Venda de Bens de Investimento, e ascenderam a 49.936.009,00€ e de 48.541.853,00€, respetivamente.”.


Luís Miguel Martins

2 comentários:

  1. Só 28% ??? Por onde andam os outros 72% ??? pura fantasia orçamental e asim anda a festa em Portimão.

    ResponderEliminar
  2. Afinal são todos como o Sócrates, são todos engenheiros, engenheiros financeiros.

    ResponderEliminar

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.