Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de abril de 2011

Executivo Socialista ignora “causídicos” locais em detrimento dos de Lisboa.




No seguimento do comentário semanal do Sr. Presidente da Câmara de Portimão no jornal Correio da Manhã ( que poderá ser consultado em http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/nobres-equivocos ) em que alega existir em Portimão “causídicos locais” especialistas ( obviamente desconhecendo que a especialidade é uma designação aferida e reconhecida pela própria Ordem dos Advogados e não pelos consumidores/clientes dos serviços dos mesmos Advogados – falta de informação. É o que acontece quando se assume comentários sobre temáticas que não dominamos ) .

Talvez o Executivo Socialista do Município de Portimão fizesse bem em ouvir o conselho do povo de Portimão e contratar “causídicos” da terra em detrimento de “causídicos” de Lisboa.



Em vez de contratar por Ajuste Directo, cujo procedimento não é efectivamente o mais democrático, não fomenta a concorrência nem permite optar pelo melhor preço, ainda por cima contratar Advogados fora da cidade de Portimão e do Algarve, deveria optar por contratar “causídicos” de Portimão como alega o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Portimão no seu comentário semanal no Correio de Portimão.




Pois a Cidade de Portimão tem cerca de 170 Advogado(a)s inscritos, muitos dele(a)s de elevado, distinto e reconhecido valor distrital e nacional e em época de crise em que se vive uma recessão nacional e designadamente local não fica nada bem ao executivo Socialista virar as costas aos “causídicos” da terra em detrimentos dos amigos Socialistas de Lisboa.





Aqui fica, patente os Ajustes Directos a escritórios/Advogados fora de Portimão e do Algarve:

Portimão Urbis E.M/ ano 2011:



1. Azevede Neves, Benjamim Mendes, Bessa Monteiro, Carvalho & Associados - Sociedade de Advogados RL – custo 50.000,00 € mais IVA;



2. Paz Ferreira & Associados - Sociedade de Advogados, RL – custo 60.000,00 € mais IVA;


3. Krusse Gomes, Simões de Almeida & Associados - Sociedade de Advogados, RL. – custo 12.000,00 € mais IVA





Confirmação: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/ajustedirecto/search.aspx


Luís Miguel Martins

20 comentários:

  1. nao resisti a mostrar aos GRANDES Socialistas amigos de cargos para gente competente os numeros que a seguir apresento (convido os xuxus a demonstrarque isto está tudo mal e errado)

    Pior dívida pública dos últimos 160 anos (mesmo não incluindo PPPs e empresas públicas)
    Pior taxa de desemprego dos últimos 90 anos (duplicou em 6 anos)
    Maior dívida externa dos últimos 120 anos
    Dívida externa bruta em 1995 de 40% do PIB
    Dívida externa bruta em 2010 de 230% do PIB
    Dívida externa líquida em 1995 de 10% do PIB
    Dívida externa líquida em 2010 de 110% do PIB
    DÍDIVA PÚBLICA em 2005 = 82.000.000.000€
    DÍDIVA PÚBLICA em 2010 = 170.000.000.000€
    últimos 10 anos = 3º país do mundo com PIOR CRESCIMENTO ECONÓMICO (atrás do Haiti e Itália)
    últimos 10 anos = 4º país do mundo com MAIOR CONTRACÇÃO de DÍVIDA
    actualmente no 4º lugar do TOP dos PAÍSES DO MUNDO EM RISCO de BANCARROTA
    em 2011 só PORTUGAL, Grécia e Costa do Marfim estarão em recessão no MUNDO
    em 2012 só PORTUGAL estará em recessão no MUNDO

    Deve ser maldade do psd não é ? inventaram isto tudo para tirar do poleiro aquele senhor chamado pinto de sousa
    cmpts ( não nao sou do psd ...sou português só!)

    ResponderEliminar
  2. Luís,

    Deste teu eloquente post - mais um - guardo, com alguma profundidade e não menos estranheza, a palavra "ressecção"(sic). É só o que se me oferece dizer.

    Louvado seja Deus, meu caro Luís!

    ResponderEliminar
  3. Dr Luis
    devo dizer que aqui o seu colega deve ter sido um ás na universidade (não sei qual) por talvez não ter percebido que está em curso no país uma "ressecção" ( procedimento urológico)para nos livrar dos socialistas.Provavelmente o dententor da mente mais iluminada entre Alvor e os montes de alvor pensou que o dr Luis se referia à recessão em que os xuxus mergulharam o nosso país !
    Um verdadeiro mestre da semântica o seu colega mas algo desatento

    he he he

    ResponderEliminar
  4. Nada mais há a fazer: Urge justiça popular, chupistas e anarcas, detentores de poder e outras classes que aglutinam o nosso património de investimento, queremos o vosso distanciamento, nada melhor do que um movimento popular perto da recém casa (quase inaugurada) de um malogrado discípulo de Deus que agora plantado perto de Ferragudo City, onde tenta o seu exílio e preparado para abandonar o bairro de Alvor Town.

    ResponderEliminar
  5. Ao Anónimo das 7.06h,

    "Ressecção- acção de cortar. (Lello Universal, 2º volume, pág. 748".

    Além de não saber o significado da palavra em causa, V. Exa. desconhece o que é o contexto. Aplique a palavra de que nos deu um significado errado ao contexto da frase em causa e depois diga-nos quem é que anda distraído...

    ResponderEliminar
  6. Joãozinho, Joazinho

    Quer trocar galhardetes ? consulte o link:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ressec%C3%A7%C3%A3o_transuretral_de_pr%C3%B3stata

    e como dizia antes continuo a achar que o dr me parece desatento.
    O meu comentário com um "golpe de rins intelectual" foi só para dar uma ajudinha ao seu colega ...já sabemos que o dr luis se enganou a escrever mas voce como colega deve-lhe lealdade e nao aproveitar a oportunidade para troçar.
    entendeu o propósito ? e nao fique chateado porque o que chateia mesmo é o estado do país.
    cmpts

    ResponderEliminar
  7. Caro colega João,
    a pressa desta vez foi traiçoeira, mas não lamento o facto de teres razão, só lamento o facto dos teus comentários serem “sempre” negativos e nunca afirmativos em termos de ideias na defesa dos Portimonenses e dos teus colegas de profissão.
    Devias estar mais preocupado em defender a tua classe e os teus conterrâneos do que com “um” único lapso, claramente por distracção, em cerca de 210 palavras. Mas não, o meu caro colega pretende e dá-se ao recato de despender seu tempo com uma única palavra do que com ideias em defesa dos cerca de 170 Advogados em Portimão.
    Santa paciência João. Sinceramente, até chego a ter pena da sua mentalidade e personalidade, tão pequeninaaaaa...
    Os Homens diferenciam-se das crianças pelas suas condutas e não pelas suas “queixinhas”, Queixinhas que um dia quando fores pai, vais ouvir como ouço todos os dias no colégio onde anda o meu filho mais velho).
    Tenho dito.

    Luís Miguel Martins

    ResponderEliminar
  8. Existe muita ruindade no mundo Martins .
    Lamentável, preocupam-se com o que não devem, ou melhor ignoram o importante somente para beliscar o dispensável.

    ResponderEliminar
  9. Mas então meus queridos não se zanguem!!!..
    Afinal de contas a lígua portuguesa anda tão baralhada que já nem sei se falo português, brasileiro ou apenas dialectos africanos.
    Desde que aqui cheguei que tive que aprender que "Eles já forem, já vierem e não touxerem nada" e que LEGOS é uma terra aqui ao lado.
    Percebi que não preciso ir ao dicionário confirmar se estou a escrever correctamente a língua portuguesa. Basta-me vir ao confessionário para aprender especialmente os verbos em que o nosso Luis Martins é perito.
    A gente logo se vê por aí..fixe meus????
    Ok ainda bem que está tudo bué.

    ResponderEliminar
  10. ena pá isto está cheio de poetas que usam prosa barata ( do aldi) para chatear e ofender.
    vide anonimo das 09:48

    nesta terra o dr martins vai sempre lutar contra a maré da ignorancia ... vai vai
    Quer um conselho (podia ter escrito concelho mas nao seria correcto :))não invista demasiada energia nisto ...esta malta está "noutra"
    cmpts
    "um amigo das suas ideias"

    ResponderEliminar
  11. A minha alma está parva! Um único erro? E por distracção? Basta olhar para qualquer um dos seus blogs para perceber a recorrência do pecado ortográfico. Não é defeito, é feitio...

    E não lhe fica bem apelar à solidariedade do seu colega, ao seu silêncio, presumo. É que o Senhor, ainda que involuntariamente e desculpe que lhe diga, com a fluidez da sua prosa, coloca muito mal a classe profissional a que ambos pertencem.

    Quanto à matéria do blog, cem por cento consigo. Só não é rigoroso ao afirmar que a Câmara não recorre aos serviços de advogados da praça, pois li, não há muito tempo, numa acta de reunião do Executivo, a aprovação de uma proposta relativa à renovação de um (muito)antigo contrato de avença com um ilustre advogado portimonense. Não será para a prestação de serviços do tipo dos que V. denuncia?

    Passe bem e não se esqueça de que quem se quer dedicar à política tem que dar o flanco à crítica, por mais veemente e mordaz que esta seja. Daí parecer-me desajustada, numa perspectiva democrática, a sua anunciada decisão de suprimir deste espaço as intervenções que entender (leia-se, que não lhe convirem). Censura? O Senhor é que sabe ...

    ResponderEliminar
  12. Para: anonimo 14:18
    olha olha ! Chegou outro ilustre a este espaço.
    Como é que será que leu a famigerada acta ?
    Foi o contemplado com o serviço que descreve? ou melhor dizendo não descreve.
    Será alguma avença com o dr joao grade (especialista em crime) ? Se sim foi uma boa decisão ...mas polémica à parte porque é que este senhor não é objectivo e diz com quem foi assinada a avença ?
    Este seu "amigo" parece outro imaculado proprietario de capacidades incontestaveis no manuseamento da lingua de camões tal o seu outro colega joão.
    Neste país é mais importante escrever bem do que ter qualidades e virtudes morais pelo que a mim o que se me oferece é dizer que à mulher de Cesar nao basta parecer seria ...(vamos ver na obrigatoria resposta o que daqui vem ...prometo que respondo.

    Caro dr Martins observo-o hà algum tempo e repito o que já lhe disse hoje ...nao gaste a sua energia com esta "malta" mas não desista

    ResponderEliminar
  13. Senhor Martins,

    No seu comentário anterior, em que reconhece o seu "único" erro de escrita, diz, aliás, que o mesmo é filho da pressa.

    Com certeza que você escreve sempre à pressa, pois o próprio comentário é, todo, ele, uma pérola.

    Um mero exemplo: diz que o seu colega "dá-seu ao recato de despender seu tempo com uma única palavra", querendo, com isto, criticar a intervenção, para si acintosa, daquele.

    Ora, se ele se "tivesse dado ao recato", ou seja, se ele tivesse calado, silenciado, omitido o facto de ter detectado a sua "única" falha,esta troca de galhardetes nunca teria existido, o que o pouparia a mais esta provação.

    Aliás, um toque de humildade ficava-lhe bem, se reconhecesse não estar em causa a pressa mas sim um inelutável conflito com a língua portuguesa

    ResponderEliminar
  14. observo a forma primitiva tipica de politico português (tal socrates) que aprendeu a falar hà meia dúzia de anos (literalmente) para ofender e humilhar o proximo com pseudo-conhecimento da lingua portuguesa.
    Quem é que se lembra de utilizar a palavra "inelutável" para descrever um erro que é evitável ? será que o autor sabe mesmo o que quer dizer inelutável ? não me parece
    parece-me mais um colega frustrado do sr DR (titulo que propositamente o autor omitiu ao dirigir-se ao proprietario do blogue).

    Triste país este ...como eu já dizia antes :

    Isto está cheio de tristes, verdadeiramente frustados e com um comportamento que não passa do pueril

    ...hem ? pueril ? quer dizer o quê ?
    faça como o joao caetano : consulte o LELLO pagina não sei quê.

    Dr Martins !!! tenha paciencia mas repito, não gaste tempo com esta "malta".

    ResponderEliminar
  15. Caros senhores e senhoras
    Confesso não ser meu timbre andar por estas paragens, mas agrada-me bastante saber que em Portimão ao menos alguém dá a cara para defender seus ideais e os Portimonenses e combater a força política dominante, enquanto outros preferem ignorar os Portimonenses e a força política dominante e pronunciarem-se unicamente sobre o indivíduo.
    Qual deles será o verdadeiro político, caberá aos eleitores pronunciarem-se, mas parece-me ser aquele que apresenta ideias e privilegia o combate político ao combate pessoal.
    Boa noite a todos e a todas.

    ResponderEliminar
  16. Caro Dr. Miguel Martins;
    SE vc continua a desmembrar esta gente está sujeito a que o venham buscar, veja o exemplo de duas advogadas que agora trabalham na URBIS e são militantes do PSD.

    ResponderEliminar
  17. A verdade é que nem todos têm a coragem e a disponibilidade para enfrentar o Partido Socialista em Portimão, nomeadamente quem teve 800 e tal votinhos.
    Não se deixem enganar, certas pessoas nunca vos acompanharão numa verdadeira oposição, mais vale caminhar sozinhos do que mal acompanhados.
    Não se preocupem, pois depois de Junho tudo vai ser diferente, tudo.

    ResponderEliminar
  18. Caro Sr. Dr.
    Compreendemos o seu aborrecimento, porque não foi um dos convidados a ter uma avença na Portimão Turis...
    Mas o que verdadeiramente me causa espanto é que o Sr. Dr. que tão bem escreve e melhor se relaciona, não tenha sido convidado a ter uma bucha na Camara de Lagoa.
    Ou será que o Dr. com o ar de Cordeiro não tem suficiente Cunha?

    ResponderEliminar
  19. Ao Anónimo de 26 de Abril
    Fique sabendo que ele ter tinha mas o Marinho Pinto...
    estragou o arranjo...

    ResponderEliminar
  20. Caríssimo anónimo das 17:01,
    Obviamente que não vou comentar como lamento a sua falta de frontalidade e seriedade. Pois só os mais cobardes se escondem por detrás de um comentário anónimo.
    Mas dizer, frontal e claramente que o orgulho que nutro pela minha família é bastante superior ao desprezo que tenho pela cobardia.
    Luís Miguel Martins

    ResponderEliminar

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.