Número total de visualizações de página

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ficha de imobilizado corpóreo do Município Portimão



Depois de constatar-mos que o equipamento ( Armazéns ) encontra-se inventariado e contabilizado pela EMARP, através do (famoso porque desaparecido) protocolo de cedência, foi peticionado ao Município de Portimão a ficha de imobilizado corpóreo do Edifício sito na zona industrial do Vale da Arrancada – Coca Maravilhas, que aqui se publica.

Perante a referida ficha de imobilizado corpóreo, constata-se que o equipamento, isto é os armazéns, não se encontram contabilizados em nome do Município de Portimão. Em nome do Município de Portimão encontramos somente contabilizado o prédio rústico, o terreno entenda-se, encontrando-se descrito como “ Prédio rustico destinado á instalação dos serviços municipais de higiene e limpeza sito no Vale da Arrancada, sob o artigo 17759, 2 secção s, com a área de 13680,00 € e pelo valor de 349.158,53 € .
Termos em que, analisando toda a documentação, facilmente e afere que o equipamento ( armazéns) encontram-se inventariados e contabilizados em nome da EMARP. Em nome do Município de Portimão só se encontra contabilizado o terreno e não o equipamento, estranho não ….
Mais estranho o facto de a EMARP ir despender mais de 3 milhões de euros sobre um equipamento ao qual a mesma, já considerou ser seu e nesses termos contabilizou-o e inventariou-o como tal…

Luís Miguel Martins


1 comentário:

Por motivos que se prendem com a falta de ligação entre os comentários e os Post colocados e outros, doravante todos os comentários serão previamente considerados.